Três razões para compartilhar efeitos na mixagem

Quer mixar melhor?

Preparei um guia com dicas simples e eficientes que vão mudar o jeito que você mixa.

Inscreva-se na minha newsletter e receba esse guia como presente de boas-vindas!

Não mandamos spam. Você pode deixar de receber nossos emails a qualquer hora. Powered by ConvertKit

Jeitos de adicionar efeitos na sua mixagem

Existem dois jeitos de adicionar efeitos na sua mix. O primeiro é usar os pontos de inserts nas faixas e o segundo é usar uma combinação entre mandamentos (sends) e retornos (returns). Neste post, vamos explorar a diferença entre estes dois modus operandi e ver quando é recomendável usar uma opção ou a outra.

Diferença entre inserts e mandamentos

Quando colocamos um insert numa faixa o sinal passa inteiramente para o processador, seja plug-in ou equipamento externo. Não existe a opção de processar somente 80% do sinal usando um insert. Por outro lado, quando usamos uma combinação mandamento-retorno (send-return), nós desviamos uma certa quantia do sinal (que é definida pelo fader do mandamento) para um outro lugar, onde nós podemos processá-la. Neste caso temos o controle sobre a quantia do sinal que queremos processar.

Quando trabalhar com inserts?

Alguns efeitos deveriam ser utilizados como inserts. São processadores que modificam o ganho do sinal, como equalizadores ou compressores. Para estes tipos de efeitos não faz muito sentido processar somente um certo tanto do sinal (ou você equaliza, ou você não equaliza). Em algumas situações (por exemplo, na compressão paralela) estes plug-ins também podem ser utilizados na configuração mandamento-retorno, mas são casos específicos.

Quando trabalhar com mandamentos e retornos?

A seguinte captura de tela mostra uma simples configuração mandamento-retorno usando Cubase:

A configuração mandamento-retorno no Cubase

Efeitos que modificam o comportamento do sinal com tempo, como reverb ou delay, funcionam muito bem nesse modo. Essa configuração também é muito útil para compartilhar efeitos entre faixas - e isso traz várias vantagens que nós vamos explorar agora.

Qual é a vantagem de trabalhar com mandamentos e retornos

Suponhamos que você tem várias faixas de bateria e gostaria de adicionar reverberação para todas as faixas, para ambientar o instrumento. Mais uma vez, você poderia inserir um plug-in em cada faixa (bumbo, caixa, overheads, ...), ou você poderia criar um mandamento em cada faixa da bateria que desvia o sinal para uma faixa adicional em qual você insere um reverb. Usando a configuração mandamento-retorno traz os seguintes benefícios:

  • Você usa menos processamento. Plug-ins como reverb e delay são muito pesados, e quando você insere um destes plug-ins em cada faixa da sua mix você vai precisar de um computador com um bom processador. Ao contrário, quando você usa vários mandamentos, você somente precisa de um plug-in e o seu computador precisa trabalhar menos;
  • Você economiza tempo. Imagina que você colocou um reverb em cada faixa da sua bateria. Agora você precisa modificar, por exemplo, o pre-delay do reverb. Para fazer isso você precisa modificar cada plug-in individualmente. Isso custa tempo e também abre espaço para cometer erros na configuração. Ao contrário, usando mandamentos, você modifica somente um plug-in (o reverb na faixa de retorno), e todas as faixas que mandam o sinal para este reverb vão soar diferente;
  • Usar mandamentos para reverb ou delay é um workflow compatível com shows. Pense numa casa de shows pequena. Lá, provavelmente você vai ter uma mesa analógica, alguns compressores e talvez um ou dois efeitos multifuncionais. Se você insere o multi FX em uma faixa específica (por exemplo, na voz), você não pode utilizar este efeito para nenhum outro instrumento. Por outro lado, usando a configuração mandamento-retorno você pode compartilhar o efeito entre voz, guitarra e bateria, assim criando uma mix muito mais interessante.

É isso aí por hoje. Quem quer ver a configuração mandamento-retorno em ação no Cubase pode assistir o vídeo abaixo.

Um abraço,

Norbert

Posted in Áudio, Mixagem and tagged , , , , , , , .