Como mixar com mais rapidez?

Você conhece a situação: Está mixando e o trabalho demora muito mais do que esperava. Especialmente em projetos pessoais é difícil chegar num resultado bom em um tempo satisfatório.

Veja como você pode fugir desse problema e mixar bem em pouco tempo.
Mixar com mais rapidez
O que nos atrapalha?

O maior problema é que não focamos na ferramenta certa na hora que precisamos dela. Em vez disso pulamos entre ferramentas sem foco, perdendo tempo e a visão do projeto.

Qual é a solução?

Precisamos implementar uma rotina de mixagem. Ter um processo definido nos ajuda a trabalhar com menos esforço.

Abaixo vou compartilhar a minha rotina de mixagem com você.
Passos iniciais
  1. Importar as faixas
  2. Ajustar todos os faders para -10dB (para ter mais headroom)
  3. Apertar play e ajustar os faders até conseguir ouvir todos os elementos bem
  4. Organizar a sessão (nomear faixas, usar cores, etc)
  5. Definir quais elementos precisam de submixes e alterar o endereçamento das faixas de acordo com essa decisão
  6. Criar um master fader
  7. Colocar EQ e compressão em todos os canais, submixes e no master fader
  8. Decidir quais elementos precisam de reverb, delay ou outros efeitos e adaptar a sessão
  9. Importante: Uma vez que endereçamento, submixes e plug-ins foram definidos, tente manter essa estrutura. Somente mude se for realmente necessário!
Mixagem
  1. Ajustar o volume
  2. Trabalhar EQ e compressão
  3. Trabalhar plug-ins de saturação, se for necessário
  4. Fazer mais uma iteração dos pontos 1-3 para afinar a mix
  5. Adicionar reverb e delay
  6. Adicionar outros efeitos
  7. Abrir o pan
  8. Fazer mais uma iteração dos pontos 1-7
  9. Automatizar os parâmetros necessários para dar o toque final
  10. Verificar a mix em mono
Dicas finais
  1. Comece a mix na parte mais cheia. O último refrão geralmente é um bom ponto de partida
  2. No início, tente chegar numa mix que funcione para a música inteira (visão geral)
  3. Depois, trabalhe as partes individuais (use automação se for necessário)

É isso por hoje. Se você quiser, pode baixar abaixo um PDF bem formatado com essas dicas.

Não precisa cadastrar seu email – é só baixar mesmo 🙂

Até a próxima!

PS: Tenho uma newsletter na qual eu publico dicas e notícias de áudio semanalmente.

É gratuito, e se quiser recebê-lo, basta se cadastrar no formulário abaixo!
Posted in Masterização, Mixagem and tagged , .